Toyota paralisa produção no Japão após alteração em testes de segurança

Toyota paralisa produção no Japão após alteração em testes de segurança

A Toyota paralisou a produção de veículos da Daihatsu após a montadora admitir que falsificou resultados de testes de segurança por mais de 30 anos. Veja as consequências. 

Toyota paralisa produção no Japão após alteração em testes de segurança

 

Escandâlo na Daihatsu pode comprometer planos da Toyota (Foto: Reprodução)

 

Paralisação de fábricas da Toyota após escândalo

A Daihatsu, marca da Toyota, confirmou que houve falsificação de testes de segurança de veículos da montadora por mais de 30 anos, e assim, interrompeu sua produção imediatamente no Japão. 

São 64 modelos alvos de investigação de fraudes, dos quais 44 estão em produção atualmente. 

O escândalo foi desvendado por um comitê independente que constatou a fraude, inclusive em modelos comercializados sob a marca Toyota, segundo informações da CNN Brasil. 

‘;
gmAdCmds.push({command: ‘gmAdUnit’, params: {
type: ‘banner’,
gam: ‘/22277837561/garagem360.com.br/Content_Generico_Desktop_Mobile’,
sizes: [[250, 250], [300, 250], [336, 280]],
divID: ‘teads_place’,
mapping: ‘content_fluid’,
reloadable: true,
bidders : {
smart: 95896,
verizon: ‘auto’,
appnexus: 21114108,
medianet: ‘444631575’,
projectagora: 25231862,
useNative: true,
rubicon: ‘2387102’,
seedtag: {adUnitId: ‘27126862’, placement: ‘inArticle’},
taboola: ‘ROS-300×250’
}
}});
gmAdCmds.push({command: ‘gmAdReload’, params: ‘teads_place’});
}

Anunciada imediatamente após a deflagração da fraudação, a paralisação durará pelo menos até o final de janeiro e atinge 9 mil funcionários de quatro fábricas no país asiático, incluindo sua sede em Osaka. 

A Daihatsu ficou conhecida mundialmente pela fabricação de modelos supercompactos, os ‘’kei cars’’. 

Toyota paralisa produção no Japão após alteração em testes de segurança

 

Escandâlo na Daihatsu pode comprometer planos da Toyota (Foto: Divulgação)

 

Novo escândalo da Daihatsu

Recentemente, em abril, a Daihatsu admitiu que fraudou normas de testes de colisão em mais de 88 mil veículos da marca. 

Na ocasião, a montadora não cumpriu os requisitos de segurança necessários para avaliação correta em choques laterais. 

Como medida, a empresa anunciou a pausa nas vendas dos modelos em questão. 

No entanto, a partir da última semana, novos casos de golpe foram verificados por um comitê de investigação, com mais 174 casos de manipulação de dados pela Daihatsu. 

De acordo com o levantamento do comitê, o caso de fraude mais antigo foi em 1989, há 34 anos. 

Efeitos na Toyota

Como não poderia ser diferente, os seguintes escândalos envolvendo a Daihatsu resultaram em queda de 4% das ações da Toyota, dona da montadora, na bolsa de Tóquio. 

Como atitude imediata, a Toyota vem tentando atenuar os riscos à sua imagem, se comprometendo a ajudar nas investigações e punir os responsáveis pela empresa. 

Uma das maiores preocupações da companhia japonesa, além de sua possível depreciação, é não ter efeitos negativos na produção de novos modelos como o Toyota Yaris Cross. 

Vale lembrar que o novo SUV da marca conta com a plataforma DNGA da Daihatsu, o que pode minar os próximos passos do lançamento em países como o Brasil.

Source link

oslow

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *